* LD 383 * DE GRÃO EM GRÃO * Swells n.12 & 13 & 14 *

Salve! O El Ninõ 15/16 segue se intensificando e deve ser um dos mais poderosos das últimas décadas. Conforme já abordamos em anos anteriores, não existe um estudo sobre o impacto deste fenômeno no regime de ondas no Atlântico Sul – provavelmente uma das “fatias do oceano” que menos desperta interesse dos estudiosos.

O que sabemos, além da tendência de chuvas mais intensas no sul e estiagem no norte do país, é que no atual momento inúmeras tempestades têm pipocado da latitude 30º sul para baixo (em direção a Argentina), e isso significa um ritmo bastante ativo de formação de swells para as regiões sul e sudeste do Brasil.

Nada comparado ao volume e intensidade das bombas do Pacífico, Índico e Atlântico Norte, mas ao menos não precisamos pagar um Dólar a quatro Reais pra surfar nosso quintal…

E falando nisso, temos para este final de semana um combo swell com dupla fonte de ondas que deve trazer um surf satisfatório para justificar as longas horas de estrada até se atingir nosso tão querido litoral.

Já sabendo que o mar vai subir, vamos ao que interessa!

RESUMO LD

 

SÁBADO –21 DE NOVEMBRO

 

TEMPO: Nova frente fria deixa o tempo encoberto, com risco de chuva na parte da manhã e temperaturas bem mais amenas.

VENTOS: Sul/sudeste moderado, perdendo intensidade ao longo do dia e virando para leste durante a tarde.

ONDAS: Um metrinho/1m de sul/sudeste.

DIREÇÃO E PERÍODO: LESTE/SUDESTE, 11s fraco a moderado + SUL/SUDOESTE, 8 a 9s, moderado.

TENDÊNCIA: As movimentações no Atlântico Sul se anteciparam um pouco e por isso deveremos ter já no sábado uma ondulação de dupla alimentação. O swell n.12 vem na forma de um combo leste/sudeste + sul/sudoeste capaz de trazer ondas na casa de um metro nos picos mais expostos. Vale destacar que esse dia deve apresentar o ápice do swell nos picos de sul.

O período da manhã, com maré enchendo até a hora do almoço e vento sul abrandando, já deve trazer ondas maiores que a véspera e, ainda que a qualidade possa não estar das melhores, já deveremos ter uma condição de surf.

Como a tendência é o vento abrandar (pode até dar uma parada), as ondas podem melhorar no início da tarde, caso o pico aceite bem maré cheia. Daí em diante a tendência é o vento girar para leste, mas ainda sem muita intensidade, oferecendo condição de surf na maioria dos picos devido a interação de duas direções na composição do swell, e também à ausência de ventos muitos intensos.

Quanto ao tempo, um dia bem mais fresco, encoberto, mas com risco de chuva apenas de manhã, devendo rolar uma praia para os menos exigentes.

divisoria-tridente

DOMINGO – 22 DE NOVEMBRO

 

TEMPO: Deve voltar a oferecer boas aberturas e o sol faz as temperaturas máximas se elevarem novamente. Há risco de chuva na madrugada para segunda.

VENTOS: Lestada moderada o dia todo.

ONDAS: Meio a um metro de sul/sudeste.

DIREÇÃO E PERÍODO: SUL, 10 a 11s, moderado + LESTE/SUDESTE, 10 a 11s, fraco a moderado.

TENDÊNCIA: O domingão traz a sequência ainda bem servida do swell n.12, associada a uma melhora no tempo e predomínio de ventos ativos do quadrante leste.

As ondas parecem bem definas de sul/sudeste e deve manter pressão linear para cerca de um metro o dia todo, agora aproveitando-se de variações de marés mais amplas.

O destaque do dia deve ser os ventos onipresentes de leste, tornando a busca mais específica para os picos que o aceitam melhor. Deve render um dia de muito surf e ainda contarmos com a presença do sol!

SEQUÊNCIA

Semana animada com swell n.13 de quarta para quinta.

 

Segunda-feira: O swell n.12 ainda segura cerca de um metro declinante de sul/sudeste, com ventos novamente predominando de leste. Sinalização de chuva intensa durante o dia.

Terça-feira: Meio metro com séries de até um metrinho de sudeste pela manhã, agora com vento sudoeste entrando durante o dia.

Quarta-feira: Esta manhã deve ser o momento mais fraco da semana, com cerca de meio metrinho a meio metro de sudeste. O fim do dia pode trazer os primeiros sinais do swell n.13, de sul.

Quinta-feira: Swell n.13 reage gradativamente ao longo do dia e pode trazer ondas na casa de um metro de sul, especialmente durante a tarde, devidamente acompanhado de vento leste ativo.

Sexta-feira: O swell n.13 ainda deve segurar cerca de meio a um metro com maiores de sul, começando a declinar. A lestada continua e deve ganhar ainda mais velocidade.

 

PRÉVIA do PRÓXIMO FDS 

Pulso de sudeste & Possível swell n.14.

 

Netuno continua com a corda toda e a chapa também parece quente no longo prazo. Deveremos ter ondas de sudeste com até um metro e há também a sinalização de um novo ciclone na altura da Foz do Prata por volta de quinta-feira. Caso se confirme, este sistema tem tudo para gerar um swell n.14 por volta do domingo, de sul, e praticamente emendando com o anterior. Ou seja, o surf não vai parar!

 

TÁBUA DE MARÉS

LUA CRESCENTE.

Porto de São Sebastião, JÁ AJUSTADA PARA O HORÁRIO DE VERÃO:

SÁB 21/11/2015     

05:45  0.3

13:13  1.0

18:53  0.4

 

DOM 22/11/2015   

01:26  1.1

16:49  0.2

13:47  1.1

19:32  0.3    

 

Luminosidade.

Primeira luz: 05:46h

Nascer do Sol: 06:09h 
Pôr do Sol: 19:24h    
Última luz: 19:48h

Temperatura da água: 25º. NEOPRENE APENAS OPCIONAL.

divisoria-tridente

Por enquanto é isso aí.

Abraço e boas ondas!

Liquid Dreams

Não é quando queremos, é quando a natureza permite.

 

 

FOTO: PEDRO ABREU

 

* Cadastre-se no nosso site para receber sempre antes as previsões (mesmo se já era cadastrado no site antigo)

A Previsão de Ondas #1 para o litoral de São Paulo!
 
Cadastre-se e receba a previsão de ondas fresquinha diretamente em seu e-mail!