liquid-surf-previsao-ondas-sao-paulo (3)-1600x1067

LD 375 * HIGHWAY TO HELL * Swells n.2, 3 & 4 *

Salve!

Tempo fervendo, sol rachando, Real derretendo e economia ruindo. A primavera chegou com tudo e nos impôs umas sequências mais quentes, dolorosas e secas do ano, felizmente acompanhada da primeira ondulação da estação para nos dar algum alívio.

E será justamente ela a responsável pelas ondas do sábado, já menor, mas até que estável e capaz de nos entregar ao menos meio metro líquido.

A principal novidade deve ser mesmo no tempo, com a antecipada chegada de uma virada importante que deve derrubar as temperaturas – ufa! – encobrindo o céu e continuando a trazer chuva.

Como de costume nessas ocasiões, ainda mais NESSA época do ano, os ventos – e consequentemente a qualidade das valas – também parecem bem instáveis e sujeitos a mudanças repentinas. Mais uma vez, reduz-se o grau de previsibilidade, tendo como única certeza a ausência dela.

Bom mesmo é que o calor já deu uma trégua e as ondas vão continuar, alimentadas pela continuação do swell n.1 no sábado e pelo praticamente confirmado e suave n.2 no domingo. Pra melhorar mais, só falta a turma de Brasília estancar a hemorragia antes que o país afunde por completo.

Ao menos a morfina salgada está encaminhada, só falta os ventos ajudarem. Vamos ao que interessa!

 

RESUMO LD

 

SÁBADO –26 DE SETEMBRO

 

TEMPO: Breve frente fria na área e o calor alivia de vez. Aumenta bem a nebulosidade e o dia deve ser encoberto, com risco de chuva a qualquer momento.

VENTOS: sudoeste virando para sudeste fraco cedinho, acelerando para moderado a forte de leste/sudeste no meio dia (possivelmente já pela manhã) e tendendo a virar para leste na sequência.

ONDAS: Meio metro de sul a sul/sudeste, devendo reagir de leve ao longo da tarde.

DIREÇÃO E PERÍODO: SUL, 10s, fraco a moderado + LESTE, 8 a 9s, fraco.

TENDÊNCIA: O sabadão vem abastecido pela raspa do primeiro swell da primavera, já tendo declinado, e possivelmente pelos primeiros sinais do n.2 ao longo da tarde, de sul.

A expectativa é de cerca de meio metro com maiores nas trocas de marés (bem expressivas) e/ou nos picos mais expostos a esse quadrante, tendendo a subir um pouco à tarde.

Os ventos, como destacado, prometem certa instabilidade e devem começar o dia de sul (SO virando para SE), ainda amenos, e virar e apertar de leste/SE e depois, supostamente, leste.

Associados às grandes variações de marés – amanhecendo bem seca e enchendo tudo até cerca de 14h – os ventos devem guiar os melhores momentos de pico pra pico. Caso se mantenha calmo durante a manhã, como esperado, poderemos ter condições razoáveis durante a enchente matinal. A ameaça é o vento sudeste.

Já durante a tarde, quando voltar a secar, resta acompanhar a definição dos ventos (saindo do sudeste e indo pra leste) para focar nos picos certos.

No geral, um dia de ondas modestas que pode render uma diversão caso os ventos ajudem, pois poderemos ter muitas faces diferentes ao seu decorrer. Se tudo encaixair bem o fim de tarde pode ser interessante.

divisoria-tridente

DOMINGO – 27 DE SETEMBRO

 

TEMPO:  Deve seguir parcialmente encoberto, mas já sinaliza boas aberturas de sol, agora com menor risco de chuva. Volta a esquentar com vontade. Melhor aposta do FDS pra pegar uma praia.

VENTOS: Parecem instáveis, mas vem indicando moderada intensidade, predominando de sudeste a leste.

ONDAS: Um metrinho a 1m de sul/sudeste, com possíveis maiores nos mais expostos.

DIREÇÃO E PERÍODO: SUL/SE, 9s, moderado + LESTE, 5s, fraco.

TENDÊNCIA: O domingo deve contar com o novo swell n.2 e um ligeiro pump, podendo trazer ondas ente meio e um metro e séries maiores nos mais expostos.

As ondas agora viram um pouco mais para sudeste (sul/sudeste) e os ventos parecem soprar do quadrante sudeste\leste, oscilando momentos mais calmos com mais ativos, sendo que devem predominar os últimos.

Atenção para a extrema variação de marés, uma das mais amplas do ano, incluindo inclusive uma maré negativa pela manhã. Esse deve ser o fator mais importante do dia para pontuar os melhores momentos de pico pra pico, assim como a definição dos ventos.

 

SEQUÊNCIA

Múltiplas influências e possível swell n.3 na 5ª feira.

 

Segunda-feira: Swell n.2 vira mais pra leste e rende meio a um metro de leste/sudeste, com as maiores pela manhã.

Terça-Feira: Pequeno combo de sudoeste + leste, rendendo cerca de meio metro.

Quarta-Feira: Meio metro de sudeste.

Quinta-feira: Possível swell n.3, sinalizando nesse momento que pode pegar de raspão, e por isso sem muito tamanho (nesse momento, cerca de meio a um metro de sul).

Sexta-feira: Cerca de meio metro de sul.

PRÉVIA do PRÓXIMO FDS 

Possível swell n.4

 

Cenário bem movimentado no Atlântico Sul, e mais uma vez temos a sinalização de um novo ciclone se formando no litoral uruguaio por volta de 6ª feira.

Caso se confirme, poderemos ter o swell n.4, trazendo ondas na casa de 1m de sudeste. Mas a borda do ciclone poderia trazer ventos ativos e mutantes, além de mais uma frente fria.

Ou seja, tem tudo para seguir o atual perfil da primavera, recheada de metamorfoses.

Seguimos de olho.

 

TÁBUA DE MARÉS

LUA CHEIA

Porto de São Sebastião:

SÁB 26/09/2015 

 

01:38  1.2

07:30  0.0

13:51  1.2

20:06  0.2

 

DOM 27/09/2015  

02:11  1.2

08:15  -0.1

14:13  1.2

20:43  0.2

Luminosidade.

Primeira luz: 05:33h

Nascer do Sol: 05:51h 
Pôr do Sol: 17:56h    
Última luz: 18:19h

Temperatura da água: 23º. NEOPRENE APENAS OPCIONAL.

divisoria-tridente

Por enquanto é isso aí.

Abraço e boas ondas!

Liquid Dreams

Desplugue-se e aposte no instinto.

 

 

FOTO: PEDRO ABREU

* Cadastre-se no nosso site para receber sempre antes as previsões (mesmo se já era cadastrado no site antigo)

A Previsão de Ondas #1 para o litoral de São Paulo!
 
Cadastre-se e receba a previsão de ondas fresquinha diretamente em seu e-mail!