liquid-surf-previsao-ondas-sao-paulo (28)-1600x1067

LD 370 * ROCK & ROLL * Swells n.8, 9 & 10 * HIGH SURF ADVISORY

Buenas!

Agora sim! Enfim a bolha deu uma brecha e o Atlântico Sul aproveita para descarregar sua fúria líquida em nossas praias. Agosto, o mês do cachorro louco, não poderia seguir em marcha lenta até o final, e tampouco seco e asfixiante. Virou o disco entramos novamente na FASE ATIVA.

Novas tempestades estão a todo vapor, e além da volta da umidade e das temperaturas mais baixas para nos lembrar que ainda estamos em pleno inverno, temos também o intenso swell n.8 na costa, atingindo o ápice hoje mesmo, sexta-feira.

Essa ondulação tem origem em dois centros distintos de baixa pressão, compondo um combo de “sul + sul”, com médio e alto período. As condições neste primeiro momento ainda não estiveram uma maravilha, seja por estarem fechando um pouco ou balançando na maioria dos picos, em parte devido aos ventos ativos de sul desde ontem à tarde. O melhor ainda está por vir.

FDS: SURF’S UP!!

A boa nova é que o surf segue vivo ao longo do FDS, com foco distinto e bem definido em cada um dos dias. E como fase ativa é fase gorda, temos na agulha um HIGH SURF ADVISORY com o swell n.9 a partir de terça e também os primeiros sinais do lestado swell n.10 para o fim da semana.

Vamos ao que interessa!

 

RESUMO LD

 

SÁBADO –22 DE AGOSTO

 

TEMPO: A nova frente fria continua presente, mas o sol predomina e rola praia com certeza, esquentando de leve no meio do dia. Não chove.

VENTOS: Lestada domina a cena, moderada pela manhã e mais intensa à tarde.

ONDAS: Um metro de sul/sudeste, com maiores nos mais expostos.

DIREÇÃO E PERÍODO: SUL, 12s, moderado e baixando + LESTE/ SUDESTE, 9s, também moderado e baixando.

TENDÊNCIA: O Sabadão de sol traz a sequência declinante do swell n.8, com ondas de sul/sudeste passando de 1m nos mais expostos e sob ventos lestados e cresecentes.

O combo continua ativo, agora com ondas de sul de alto período mesclando-se às de leste/sudeste com período médio. Os preferenciais da vez devem ser os picos de sul a sudeste, focando nos picos onde o leste é terral, que estará bem vivo, especialmente à tarde.

A maré amanhece praticamente no pico da cheia (pequena variação de marés) e ainda com vento moderado. Para quem não tiver muita escolha e for surfar num pico onde o leste é maral, essa seria a melhor aposta. Mesmo sem garantias, e possivelmente com qualidade regular, a tendência é complicar mais ao longo do dia.

Já para quem optar por um pico provido de terral, e há várias opções com surf o dia todo, o principal fator para o planejamento da queda deve ser a leve variação de marés. Além disso, considerar a tendência declinante das ondas, com as maiores pela manhã, a intensificação do vento mais tarde.

Fora isso, sol garantido e praia mais vazia que nos últimos FDS. De qualquer forma, vale um neoprene, principalmente para o fim de tarde.

 

 

divisoria-tridente

DOMINGO – 23 DE AGOSTO

 

TEMPO: O sol segue predominando e garantindo uma praia de primeira, incluindo temperaturas máximas mais elevadas no meio do dia. A única observação é o possível aumento de nuvens altas, mas sem chuva.

VENTOS: Amenizam bem! Sem vento ou apenas uma brisa fraca de nordeste logo cedo, sudeste entrando moderado ao longo do dia. No fim de tarde deve voltar a aliviar ou mesmo zerar.

ONDAS: Meio a um metro de leste/sudeste.

DIREÇÃO E PERÍODO: LESTE/SUDESTE, 9s, fraco a moderado + LESTE/NORDESTE, 7s, fraco + SUL, 11s, fraquinho e miando.

TENDÊNCIA: O domingão promete mais calor e ondas definidas de leste sudeste, ajudadas pelos ventos mais calmos em relação ao sábado. Mudam-se os preferenciais da vez!

O combo continua ativo, mas muda-se a proporção dos ingredientes. A influência de sul murcha bem e as ondas de leste/sudeste + leste/nordeste passam a ser as influências primárias. Com isso, dá pra esperar meio a um metro nos preferenciais de leste a leste/sudeste, e uma merreca nos picos de sul.

Uma das melhores pedidas do dia deve ser o surf nos preferenciais deste quadrante logo cedo, praticamente sem vento (antes do sudeste entrar e bagunçar um pouco). Dá pra apostar no zero hora, enchendo até cerca de 10h, e se o vento permitir, o início da secante também.

Pra quem quiser mais, ou tiver perdido a queda matinal, outro bom momento parece ser o fim de tarde nos picos lestados, quando o vento volta a aliviar.

SEQUÊNCIA

Swells n.9 & 10 bombam a semana!

 

Segunda-feira: Nova frente fria na área, e com ela chuva e um novo round de vento sudoeste, moderado. Mar amanhece com cerca de meio metrão lestado e entra em transformação, começando a ciscar um início de sul, ainda picado e mexido ao longo do dia. Final de tarde já pode dar alguma condição, e ganhando tamanho de sul.

Terça-feira: Buuum!! Swell n.9 entra sem dó e bota pra tremer, HIGH SURF ADVISORY de sul! Groundswell acompanhado de vento leste moderado a forte. Bombas com 2m ou mais nos preferenciais, tow in e picos alternativos funcionando. Tempo frio, fechado e chuvoso, mas quem se importa?

Quarta-feira: Seguimos com altas bombas entre 1,5 e 2m, agora de sul virando para sudeste. Continua também a lestada, devendo inclusive acelerar ainda mais durante o dia. Começa a esquentar um pouco mais e já ensaia uma melhora no tempo, não devendo chover mais.

Quinta-feira: Swell n.9 segue vivo, declinando e de sudeste, porém poderemos receber os primeiros sinais do swell n.10, com origem de leste/NE e entrando de leste. Ou seja 1m com maiores de leste/sudeste, com a lestada rasgando e prejudicando os principais preferenciais da vez. Esquenta bem mais que os outros dias, chegando a ficar abafado.

Sexta-feira: A principal novidade deve ser a virada do vento, provavelmente para sudoeste, melhorando a qualidade em vários picos de leste. O potencial das ondas ainda parece meio incerto, mas deve cerca de 1m lestado, e os picos de leste devem melhorar em relação à qualidade. Vale ficar de olho.

 

PRÉVIA do PRÓXIMO FDS 

Sequência do swell n.10

A origem do swell n.10 é extremamente atípica, porém cíclica como um relógio. Trata-se da Tormenta de Santa Rosa, uma poderosa tempestade com vórtex centrado bem na foz do Prata, entre Montevideo e Buenos Aires, que costuma trazer chuvas pesadas sempre no fim de agosto. Argentinos, uruguaios e até gaúchos a conhecem bem, e como sempre, a chuva promete ser intensa nestes paíse, além do Paraguai, e na região sul, especialmente entre 4ª e 6ª feira.

O que isso significa em relação às ondas? Um enorme swell ciclônico de nordeste, que naturalmente passa por fora da nossa costa e atinge em cheio do litoral catarinense ao argentino, ativando picos deste quadrante com rara intensidade.

Para nós resta a casquinha lateral – algo equivalente aos grandes swells de sudoeste – de leste, com potencial estimado, a grosso modo, na casa de meio a um metro nos preferenciais deste quadrante.

Poderemos ainda ter ainda um pulso de sudeste de alto período para ajudar, num rebote do mesmo ciclone que gerará o n.9.

O importante é que já sabemos que as primeiros sinais indicam para uma swell pequeno/médio de leste/sudeste, e isso basta para planejarmos o surf no longo prazo.

TÁBUA DE MARÉS

LUA CRESCENTE

Porto de São Sebastião:

SÁB 22/08/2015     

01:56  0.5

06:26  0.9

13:56  0.6

17:47  0.8

19:53  0.7

22:02  0.8

 

DOM 23/08/2015   

02:58  0.4

09:58  0.9

15:38  0.6

23:04  0.8      

 

Luminosidade.

Primeira luz: 06:00h

Nascer do Sol: 06:24h 
Pôr do Sol: 17:44h    
Última luz: 18:06h

Temperatura da água: 21º.

divisoria-tridente

Por enquanto é isso aí.

Abraço e boas ondas!

Liquid Dreams

Só a vivência traz a malícia

 

FOTO: PEDRO ABREU

 

* Cadastre-se no nosso site para receber sempre antes as previsões (mesmo se já era cadastrado no site antigo)

A Previsão de Ondas #1 para o litoral de São Paulo!
 
Cadastre-se e receba a previsão de ondas fresquinha diretamente em seu e-mail!